Sermig

Batuca-Bresser 2015: o carnaval mais bonito dos sete mares! (Fotos e vídeos)

clique para ampliarO Arsenal da Esperança é como um navio no qual a cada dia (e a cada noite) embarcam milhares de náufragos que, de outra forma, se afogariam no mar profundo da metrópole paulista.
O grande navio tem milhares de leitos, uma cozinha que funciona sempre, uma enorme sala para as refeições e até mesmo um belíssimo jardim suspenso que, com o tempo, ajuda cada hóspede a abituar-se novamente à terra firme.



clique para ampliarMas o Arsenal nunca é terra firme... Dentro dele, vive uma tripulação que, mesmo sendo pequena, é habitada por um Espírito que lhe dá sempre um grande dinamismo e dá ao navio uma ótima mobilidade. Na torre de observação, em turnos, há sempre alguém que explora a imensidão do horizonte e, com os olhos bem abertos, o contempla e pede a Deus que mande o vento, a criatividade e a coragem. O que fazer diante dos novos náufragos? O que inventar diante de tantos jovens que não querem mais embarcar? Que sinais lançar diante de tantas famílias e de tantos idosos e sobrevivem em seus barquinhos isolados? Em todos estes anos, o vento jamais nos abandonou e, entre oscilações e bonanças, sempre nos impulsionou “além”, convidando-nos talvez a mudar de rota e a baixar os botes salva-vidas pela exigência imprevista de resgatar alguém. Fazendo isso, sempre aprendemos algo, e o bote salva-vidas também se torna uma oportunidade de transmitir uma mensagem: “Nós nos sentimos irmãos e irmãs de todos, nos sentimos cidadãos deste mar, e gostaríamos de vê-lo limpo e com muitos atracadouros seguros para todos. Você também quer nos ajudar?”.

Ler mais: Batuca-Bresser 2015: o carnaval mais bonito dos sete mares! (Fotos e vídeos)

7/02 - BLOCO BATUCA-BRESSER 2015 - PARTICIPE!!!

Organizado pelos jovens e amigos de "A PRAÇA" (Uma iniciativa do SERMIG - Fraternidade da Esperança e da Paróquia Nossa Senhora Aparecida dos Ferroviários), o BLOCO BATUCA-BRESSER 2015 terá como tema a paz. Inspirada nos tradicionais blocos de carnaval de rua o bloco reúne crianças e jovens que seguem em marcha por algumas ruas do bairro da Mooca, cantando e tocando músicas em instrumentos feitos de sucata. A marcha acontece no dia 7 de fevereiro, a partir das 14h30 , com a concentração na "Capela Antiga" (Rua Almeida Lima, 750 - Mooca - SP). Os ensaios já começaram e acontecem todos os sábados, às 14h30. Saiba mais: fb.com/aapraca)

Jornal O SÃO PAULO 

19 anos de Arsenal da Esperança!!!

clique para ampliarHoje, um filho do Arsenal da Paz, um filho do SERMIG completa dezenove anos. Esse filho se chama Arsenal da Esperança (em São Paulo, no Brasil).
Quero, em primeiro lugar, agradecer a Deus, que nos quis no Brasil.

Quero agradecer a Deus por Dom Helder Camara, um grande bispo brasileiro, que nos desenhou quando nos conheceu e que, quando éramos muito pequenos, nos disse o que nos tornaríamos. Nós esperamos continuar sendo da forma como eles nos imaginou; esperamos que não nos tornemos orgulhosos e que sejamos sempre gratos.

clique para ampliarAgradecemos sempre o Brasil por Dom Luciano Mendes de Almeida, que nos quis no Brasil e que nos mandou ser mais ainda aquilo que ele tinha visto no coração. Dom Luciano foi o maior presente da nossa história.
Nós acreditamos que Dom Luciano seja o homem que, nos últimos séculos, fez Deus mais feliz; acreditamos que ele seja o maior dos gigantes. Ele nos amava perdidamente.

Agradecemos o Brasil porque recentemente um brasileiro nos deu de presente um pequeno crucifixo que tenho na minha sala e que é a síntese do amor.

Ler mais: 19 anos de Arsenal da Esperança!!!

Eu sou IRMÃO... Je suis FRÈRE... #jesuisfrère

clique para ampliar

Nesta noite, a angústia
não quis encontrar o sono.
Por toda a noite me perguntei:
“Como?”.
Como levar paz onde há guerra,
como levar concórdia
onde há fúria.
A história de ontem
nos diz: “É impossível,
não há espaço para o amor.
O espaço é todo do ódio”.
Sempre pensei
que ser muçulmano
é ser uma boa pessoa de fé,
que ser judeu
é um privilégio,
que o cristianismo
é a história de Cristo que continua
de geração em geração dizendo:
“Sejam irmãos”.
Sempre pensei que quem não tem fé
é alguém à espera de testemunhos.
Sempre pensei
que a paz é o caminho da vida.
Não sou um iludido,
nem mesmo hoje que todo o mundo
grita por vingança.

08.01.2015 Texto de Ernesto Olivero depois do atentado em Paris à revista Charlie Hebdo.

Feliz Natal e ótimo 2015!

Também neste Natal
Deus se dá a nós
com a esperança de sempre
e com o desejo
de abrir caminho
no nosso coração
e na nossa vida.

A todos os amigos do Arsenal da Esperança, desejamos um feliz e santo Natal e um ótimo 2015!!!

A Fraternidade da Esperança

No último domingo (14/12), aconteceu a Festa de Natal do Arsenal da Esperança! Foram semanas de arrecadação de doações e de trabalho, que terminaram em uma ótima tarde de confraternização entre acolhidos, amigos e voluntários da casa.

Ler mais: Feliz Natal e ótimo 2015!

Natal no Arsenal da Esperança / Programação

Sábado 13/12
8-13h Bazar beneficente

Domingo 14/12
14h às 18h Mutirão para escrever cartas e cartões, apresentações musicais e surpresa final!

Terças de Advento
16/12, 20h
com Sergio Alejandro Ribaric
23/12, 20h
com Pe. Marcelo Delcin

16 a 24/12
20h Novena de Natal

Quinta 18/12
19h30 Formatura Curso de português para imigrantes

Quinta 25/12
17h Missa de Natal, presidida pelo Arcebispo, Card. Odilo Pedro Scherer

FELIZ NATAL!

Consagrados do SERMIG recebem o ministério do Leitorado


clique para ampliar

clique para ampliar


clique para ampliar

Os últimos dias foram marcados por um grande presente que o Senhor está dando à Fraternidade da Esperança, quase um selo para os 50 anos de SERMIG.

Três consagrados da Fraternidade da Esperança, Andrea, Lorenzo e Simone, no último domingo (07/12/2014), na Catedral de Turim, recebem o ministério do Leitorado, importante etapa da formação para o sacerdócio.

A celebração foi presidida pelo Arcebispo de Turim, mons. Cesare Nosiglia. Foi um momento muito bonito e significativo para todos os amigos e amigas da comunidade que no dia seguinte – Festa da Imaculada Conceição – renovaram o SIM a Deus na Fraternidade da Esperança.

Instituídos ao Leitorato, Andrea, Lorenzo e Simone receberam a missão de “ler a Palavra de Deus nas assembleias litúrgicas; instruir na fé as crianças, os jovens e os adultos; anunciar a Boa-Nova da salvação; ler e meditar com assiduidade a Sagrada Escritura; adquirir cada vez mais intenso amor e conhecimento da Sagrada Escritura de modo a tornar-se discípulo mais perfeito do Senhor”.

Os próximos ministérios que eles receberão serão o Acolitato e o Diaconato, no dia 15 de fevereiro de 2015, na igreja Santo Volto (Sagrada Face), em Turim.

ARSENAL DA ESPERANÇA entrega certificados de capacitação profissional

clique para ampliar Em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS), o SENAI e a GRSA (Soluções em Alimentação e Serviços), o Arsenal da Esperança promoveu na última terça-feira (26/11), a entrega dos certificados para 53 formandos dos cursos de capacitação profissional promovidos na casa de acolhida.

A atividade contou com a participação da supervisora de assistência social da Mooca, Simone Nazaré Moreira, além das representantes da GRSA, Camila Santos e Mayara Brasil e Walter Wanderley Teixeira, do SENAI Tatuapé.


clique para ampliar O intuito do projeto é dar uma oportunidade aos acolhidos para que possam se inserir no mercado de trabalho por meio das oficinas de construção civil, elétrica predial, panificação e confeitaria e ajudante de cozinha.

Para Gabriel A. da Cunha, que concluiu a oficina de panificação, a oportunidade gerou uma expectativa para o futuro. “Também estou finalizando o curso de confeitaria e pretendo buscar uma oportunidade no mercado trabalho na área de alimentação”, contou.

Ler mais: ARSENAL DA ESPERANÇA entrega certificados de capacitação profissional

Roma. O SERMIG participa do encontro do Papa Francisco com os movimentos e as novas comunidades

clique para ampliarNos dias 20, 21 e 22 de novembro, aconteceu em Roma, no Pontifício Colégio Internacional Maria Mater Ecclesiae, o 3º Congresso Mundial dos Movimentos Eclesiais e das Novas Comunidades. Promovido pelo Pontifício Conselho para os Leigos, o Congresso reuniu fundadores e representantes de mais de cem movimentos e comunidades, vindos do mundo todo. Ernesto Olivero, fundador do SERMIG - Fraternidade da Esperança, e outros membros da comunidade participam do evento.

O cardeal Stanislaw Rylko, presidente do Pontifício Conselho para os Leigos, abriu o Congresso que tinha como tema “A alegria do Evangelho: uma alegria missionária”, à luz da Exortação Apostólica “Evangelii Gaudium”. Dentre os muitos conferencistas estavam o pregador oficial da Casa Pontifícia, padre Raniero Cantalamessa, o secretário da Pontifícia Comissão para a América Latina, professor Guzman Carriquiry, o prefeito da Congregação para os Bispos, Cardeal Marc Ouellet, e o presidente do Pontifício Conselho Justiça e Paz no Vaticano, o cardeal ganês Peter Kodwo Appiah Turkson.

Ler mais: Roma. O SERMIG participa do encontro do Papa Francisco com os movimentos e as novas comunidades

A Campanha de Natal 2014 já começou!

clique para ampliarTodos os anos, o Arsenal da Esperança arrecada itens para dar uma lembrança de Natal a cada acolhido da casa. Neste ano, estamos pedindo produtos de higiene pessoal. Que tal fazer uma campanha de arrecadação?

Pode ser no seu colégio, na sua faculdade, na sua igreja, no seu bairro, no seu condomínio, na sua empresa, na sua associação, na sua academia, no seu motoclube...

Ou em todos esses lugares de uma só vez! ;) Veja abaixo como doar!

Vídeo do 4º Encontro Mundial dos Jovens da Paz

No dia 4 de outubro de 2014, em Nápoles, na Itália, aconteceu o 4º Encontro Mundial dos Jovens da Paz promovido pelo SERMIG - Fraternidade da Esperança. Aproximadamente 45 mil jovens se reuniram na Praça do Plebiscito para despertar a própria consciência. Entre eles, um grupo de jovens brasileiros dA PRAÇA (https://www.facebook.com/aapraca), iniciativa fruto da parceria entre o SERMIG e a Paróquia Nossa Senhora Aparecida dos Ferroviários. “O sonho que você tem”, na voz do cantor italiano Marco Macarelli, é a versão em português de “Ognuno há l’età dei suoi sogni”, hino oficial do Encontro.

Clique AQUI e veja outros vídeos do evento.

CARTA À CONSCIÊNCIA

Esta Carta à Consciência nasce do encontro com o sofrimento. É o grito dos jovens que perderam a confiança nas instituições e de todos os humilhados da história. Nasce do choro de quem tem medo de viver em uma sociedade que já não tem princípios, ideais e valores compartilhados.

Caros amigos,

Estamos vivendo um dos momentos mais difíceis da história. A tragédia bate cada dia à porta da nossa humanidade, do nosso coração e da nossa inteligência. Ao nosso redor, vive um ódio mais forte do que mil bombas atômicas. Somos capazes de ir até a lua, de fabricar mísseis inteligentes e de acabar com doenças que até ontem eram incuráveis. Entretanto, não somos ainda capazes de reconhecer no outro o nosso rosto. Não sabemos nos deixar interpelar por quem morre de fome, pelos excluídos do mundo do trabalho, pelos tantos jovens que continuam a colocar-se fora de jogo com as drogas e com outras dependências. Não sabemos comover-nos diante dos milhões de bebês não nascidos, das crianças soldado ou transformadas em objetos de prazer. Não sabemos pedir perdão para as vítimas da crueldade, do bullying, que pode levar até mesmo a gestos extremos. Permanecemos indiferentes diante de quem continua a ser morto por causa da própria fé e dos próprios ideais, não somos capazes de confrontar quem continua a alimentar, sem escrúpulos, o mercado das armas e do terrorismo.

Ler mais: CARTA À CONSCIÊNCIA

Uma revolução de amor... Dedicado a Paulo VI

Ontem (19.10/2014) foi um dia muito especial: Paulo VI foi beatificado numa Praça São Pedro repleta de fiéis. "Em 1976, ele me disse que esperava de Turim, terra de santos, uma revolução de amor" (Ernesto Olivero).

O encontro com o Papa Paulo VI foi um dos eventos mais importantes da nossa vida, porque, em 1976, quando senti a necessidade de criticar a Igreja, eu fui até ele. Mas para nós a palavra "crítica" sempre foi na realidade um amor fortalecido... Não um julgamento irrevogável, não uma condenação, e sim o desejo que Deus colocou no nosso coração desde o começo: o de querer uma Igreja onde Deus habita, onde Deus fala e onde os homens e as mulheres ouvem e tornam-se testemunhas.

Em 19 de maio, eu fui até ele na esperança de encontrá-lo mesmo não tendo um horário marcado. Ele ouviu críticas muito duras contra a Igreja vindas de uma pessoa que não conhecia, que o encontrava pela primeira vez. Mas ele sentiu que em mim falava em primeiro lugar a minha postura, falava antes de tudo o amor a Deus que eu tinha no meu coração. E me disse: "O senhor tem razão. Faça o senhor o que pediu para mim. Eu o abençoo, porque espero de Turim, do Piemonte, terra de santos, uma revolução de amor."

Enquanto me abraçava, eu pensei que a nossa casa seria aqui, em Turim, no Arsenal, embora nós ainda não soubéssemos de sua existência. Naquele abraço ele já enxergava o que nós não víamos ainda, mas que já sentíamos. No dia em que o mundo inteiro conhece melhor Paulo VI, nós queremos recordar que já o conhecemos graças ao nosso desejo de amar a Igreja. Desde então, o nosso compromisso é amar a Igreja como Jesus a quis, como Jesus quer. Sem "se" e sem "mas". Sem julgamentos, mas com um forte amor em nós.

Tivemos uma bênção especial do Papa Paulo VI quando ainda não sabíamos quem éramos, mas ele, através do Espírito Santo, nos viu já assim. Apesar de hoje não termos conseguido estar presentes da cerimônia de beatificação, estavamos là na comunhão dos santos para agradecé-lo na oração e com ele recordar também padre Michele Pellegrino, um grande homem de Deus que nos amou, nos conheceu e nos compreendeu, que teve a coragem de me enviar a Roma naquele 19 de maio de 1976. Ele também nos tinha reconhecido quando nós ainda não sabíamos quem éramos. 

Ernesto Olivero

15.000 km para estar ali...

clique para ampliarNo dia 4 de outubro de 2014, em Nápoles, na Itália, aconteceu o 4º Encontro Mundial dos Jovens da Paz promovido pelo SERMIG - Fraternidade da Esperança: aproximadamente 45 mil jovens se reuniram na Praça do Plebiscito para despertar a própria consciência. Entre eles, um grupo de jovens de verde e a amarelo se destacava...

1º de outubro de 2014. Despertador programado para dar tempo de preparar bem as malas, encontro marcado às 23h30 no Arsenal da Esperança, transporte com uma van até o aeroporto de Guarulhos, partida às 3h da madrugada para Istambul. No aeroporto turco, doze horas de espera para pegar o voo para a Itália... Para o grupo de jovens paulistas, amigos do Arsenal da Esperança, essa espera é a oportunidade de pensar com um pouco de ansiedade no grande encontro que os aguarda, o 4º Encontro Mundial dos Jovens da Paz.

clique para ampliarOs jovens – seria melhor dizer “as jovens” (seis em sete) – se conhecem bem porque quase todos estão entre aqueles que começaram, junto ao SERMIG - Fraternidade da Esperança e à Paróquia Nossa Senhora Aparecida dos Ferroviários, uma iniciativa chamada “A Praça”, que desde fevereiro de 2013 vem transformando a pequena capelinha dos ferroviários e os espaços adjacentes, no bairro paulistano Bresser-Mooca, em um ponto de encontro semanal para as crianças, os jovens e todas as pessoas de boa vontade. Alguns deles já participaram da JMJ do Rio de Janeiro, mas agora está para se realizar uma outra etapa importante para a história desse pequeno grupo disponível para fazer coisas grandes, como enfrentar uma viagem de quase 15.000 km para estar na Praça do Plebiscito, em Nápoles, na Itália.

Ler mais: 15.000 km para estar ali...

A PRAÇA da Sé “EM SILÊNCIO PELA PAZ”

clique para ampliarPraça da Sé, sábado (27/9), 10 horas da manhã. À frente da imponente catedral, que tudo observa, muitas coisas acontecem. Um grupo bem organizado se prepara para uma festa chinesa. Um boneco gigante dança representando um candidato político enquanto os que estão com ele distribuem panfletos. Os pregadores de sempre estão espalhados aqui e ali. Os muitos moradores da praça também. Logo vai chegar o senhor daquela turma que sempre coloca cartazes perto do marco zero. E, ainda por cima, muitos estão na expectativa do comício político que está acontecendo em uma caminhada pelas ruas do centro e que vai terminar exatamente naquele lugar.

clique para ampliarComo chamar a atenção no meio de tudo isso? Precisaria gritar muito, e muito alto! Ou bastaria fazer silêncio...

Chegamos ali com medo. A nossa proposta era muito simples: levamos cadeiras e almofadas, e convidamos as pessoas a se sentar e a fazer alguns momentos de silêncio pela paz, enquanto liam um apelo à consciência escrito por jovens. Quem prestaria atenção a isso? E se ninguém aparecesse? E se ninguém parasse? Não precisávamos de multidões... Cada pessoa atingida teria, para nós, o valor do mundo inteiro. Mas será que atingiríamos alguém?

Ler mais: A PRAÇA da Sé “EM SILÊNCIO PELA PAZ”